Controle tecnológico em Obras de Solos e Ensaios Geotécnicos - laudotec engenharia

Controle tecnológico em Obras de Solos e Ensaios Geotécnicos

A Laudotec engenharia executa todo o controle tecnológico em obras de solos (Terraplenagem) e oferece um conjunto completo de Ensaios Geotécnicos tais como: Ensaios Permeabilidade, Ensaios Laboratoriais, Pesquisa de Jazidas entre outros.

Grau de compactação “In situ”: Realizado de acordo com a NBR 7185, através do método do frasco de areia, utilizando areia preparada em laboratório, e equipamentos de campo específicos para aprovação ou rejeição instantânea da compactação. São necessários os resultados de compactação em laboratório para o controle em campo.

Espessura de base: Realiza-se medição com esquadro após remoção da capa asfáltica, e abertura de um furo na base até a cota do subleito. Pode-se utilizar furo obtido de ensaios de grau de compactação, ou investigações prévias, desde que seja possível visualizar as camadas nitidamente. Em casos que haja capa asfáltica a medida adotada como espessura de base é o valor total subtraído da espessura do pavimento obtida em laboratório após a limpeza da mesma.

Compactação de solos: Realizado de acordo com a NBR 7182, utilizando secagem até a umidade 5% abaixo da umidade ótima presumível, sem reaproveitamento de material. São necessários no mínimo 40 kg de amostra para solos pedregulhosos, ou 15 kg para solos finos, por ensaio solicitado. Os resultados serão entregues à CONTRATANTE e à empresa responsável pela compactação previamente ao início dos serviços.

Índice de Suporte Califórnia (CBR) e expansão: Realizado de acordo com a NBR 9895, após o ensaio de compactação de solos. São necessários no mínimo 50 kg de amostra para solos pedregulhosos, ou 25 kg para solos finos, por ensaio solicitado.

Umidade in situ: Determinada em campo através do método da frigideira, ou Speedy test, para controle da compactação dos materiais.

Limites de Atterberg: Ensaios de limite de liquidez e de plasticidade, efetuados conforme NBR 6459 e NBR 7180, para classificação geral dos solos.

Granulometria por peneiramento e/ou sedimentação: Efetua-se conforme NBR 7181 para determinação da curva granulométrica dos solos, podendo ser utilizado método das peneiras (solos arenosos/pedregulhosos) e método combinado de peneiramento e sedimentação (solos finos)

Demais ensaios: Cisalhamento direto, compressão de solos coesivos, compressão de solo cimento; permeabilidade à carga constante e à carga variável.